s
Português English

Compilação

616989-delpixart-gettyimages-1136178136.jpg
2022.12.31

Livros de 2022

Todo ano eu compilo uma lista (até este ano, somente em inglês) de jogos, livros e filmes/series que eu vi. Para a lista completa, veja a página de Ratings.

Continuo a ler (ouvir audiobooks na verdade) quase todos os dias nos últimos anos. Esta é na minha rotina diária quando passeio com os cães. É uma proposta bem diferente de deitar e dedicar algum tempo para lê-los. Eu gosto de uma tarefa secundária quando estou executando uma rotina simples, como… passear com os cachorros. Caso contrário, sinto que estou perdendo meu tempo apenas andando e não pensando.

Esta é a lista dos livros deste ano que devorei. Essas listas - definitivamente - não são completas. Como não estou atualizando meus registros pessoais do GoodReads nem escrevendo sobre eles neste blog, eles são apenas os que eu lembro. Posso editar este post se me lembrar de outros itens.

Este ano eu já compilei uma lista parcial em Julho, então nesta aqui estão só os livros do segundo semestre.

Ficção

  • The Silver ShipsThe Silver Ships (Silver Ships #1) (S.H. Jucha)(9★★★★★★★★★) Outra ótima recomendação de Steve Gibson no podcast Security Now. O autor conta histórias de ficção científica com muitos detalhes sobre personagens e tarefas comuns. O protagonista é muito inteligente.
  • LibreLibre (Silver Ships #2) (S.H. Jucha)(7★★★★★★★) O segundo livro captura um traço de caráter que sinceramente não gosto: sempre vencedor. Alex Racine enfrenta eventos raros e extremamente baixos e os supera diariamente. Por fim, comecei a me importar menos com ele porque sabia que muito pouco estava realmente em jogo. O ponto bom é o surgimento dos personagens de inteligência artificial.
  • MéridienMéridien (Silver Ships #3) (S.H. Jucha)(7★★★★★★★) SADEs (os personagens de inteligência artificial) brilham. O personagem principal novamente é muito poderoso/sortudo. A linha do tempo saltou vários anos no futuro, dando uma nova aparência para cada personagem.

Mão Ficção

  • MindsetMindset: The New Psychology of Success (Carol S. Dweck)(5★★★★★) Pode-se resumir o Mindset em um único slide. As pessoas têm uma mentalidade fixa (acreditam que as pessoas não mudam, as coisas são o que são) ou uma mentalidade de crescimento (tudo está mudando e evoluindo, inclusive nós mesmos). É interessante, mas o livro é auto-indulgente (uma característica comum dos livros de auto-ajuda). Dweck repete seu mantra continuamente, explorando sua teoria em uma variedade de cenários. A maioria deles é ad hoc: ela justifica o já conhecido passado como a mentalidade das pessoas envolvidas foi A razão pela qual as coisas aconteceram como aconteceram.

Alguns livros para o próximo ano

(títulos em inglês)

  • Steve Jobs de Walter Issacson
  • How Democracies Die de Steven Levitsky, Daniel Ziblatt
  • The Law de Frederic Bastiat
  • Essays on Political Economy de Frederic Bastiat
  • Quiet de Susan Cain
  • Thinking Fast and Slow de Daniel Kadneman
  • Doomsday Book de Connie Willis
  • Sharp Objects de Gillian Flynn
  • Silver Ships 5-10 de SH Jucha
  • Mistborn 3-4 de Brandon Sanderson

Para mais livros, olher a lista dos meus livros lidos no GoodReads.

616989-delpixart-gettyimages-1136178136.jpg
2022.07.08

Livros de 2022 (Até Agora)

Todo ano eu compilo uma lista (até este ano, somente em inglês) de jogos, livros e filmes/series que eu vi. Esta é a lista provisória destes ano.

Continuo a ler (ouvir na verdade) quase todos os dias nos últimos anos. Esta é na minha rotina diária quando passeio com os cães. É uma proposta bem diferente de deitar e dedicar algum tempo para lê-los. Eu gosto de uma tarefa secundária quando estou executando uma rotina simples, como… passear com os cachorros. Caso contrário, sinto que estou perdendo meu tempo apenas andando e não pensando.

Esta é a lista dos livros deste ano que devorei. Essas listas - definitivamente - não são completas. Como não estou atualizando meus registros pessoais do GoodReads nem escrevendo sobre eles neste blog, eles são apenas os que eu lembro. Posso editar este post se me lembrar de outros itens.

  1. Piranesi (Susanna Clarke)(9★★★★★★★★★): Piranesi mora num lugar fantástico e esquece tudo. Mas também anota tudo. Um grande mistério.
  2. O Poço da AscensãoO Poço da Ascensão (Mistborn #2) (Brandon Sanderson)(8★★★★★★★★): logo após os eventos do primeiro livro, os protagonistas agora precisam manter o poder que adquiriram. Fascinante.
  3. Roube Como Um ArtistaRoube Como Um Artista: 10 Dicas Sobre Criatividade (Austin Kleon)(8★★★★★★★★): ótimo livro curtinho sobre processo criativo. Ele incentiva as pessoas a avançar no trabalho criativo, desconsiderando o autojulgamento. Inspire-se e tente copiar o trabalho de outros para praticar e encontrar uma voz própria.
  4. Siga em frenteSiga em frente: 10 maneiras de manter a criatividade nos bons e maus momentos (Austin Kleon)(8★★★★★★★★): outro trabalho pequeno, mas muito motivacional, de Austin Kleon. Não pare de criar. Faça pequenos trabalhos iterativos até terminar.
  5. Mostre Seu Trabalho!Mostre Seu Trabalho!: 10 Maneiras de Compartilhar sua Criatividade e ser Descoberto (Austin Kleon)(8★★★★★★★★): outro pequeno pedaço de Austin. Crie um blog, twitter, instagram, conta tiktok e mostre às pessoas no que você está trabalhando. Até mesmo coisas de hobbies, como esboços. Eventualmente, pode se tornar sua obra-prima.
  6. Parable of the Talents (Octavia E. Butler)(8★★★★★★★★): a continuação do excelente Parable of the Sower (Octavia E. Butler)(9★★★★★★★★★), mostra a protagonista e a história de sua filha, anos depois.
  7. The President Is Missing (James Patterson, Bill Clinton)(7★★★★★★★): um thriller de cyber terrorismo. Altamente possível. Com dicas do mundo presidencial feitas por Bill Clinton!
  8. O Poder do HábitoO Poder do Hábito: Por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios (Charles Duhigg)(7★★★★★★★): um livro de auto-ajuda clássico moderno. Começa a pregar o poder de compreender e controlar hábitos. Ela exemplifica, capítulo após capítulo, os diferentes fatos de hábitos que interferem em nossa tomada de decisão. Muito bom.
  9. DifferentDifferent: Escaping the Competitive Herd (Youngme Moon)(7★★★★★★★): ensaio sobre a vantagem competitiva de ser diferente no mercado. Curiosamente, na segunda metade do livro ela reconhece que ser diferente pode não ser importante dependendo da situação e do mercado. Bom livro.
  10. Communication Skills TrainingCommunication Skills Training: How to Talk to Anyone, Connect Effortlessly, Develop Charisma, and Become a People Person (James W. Williams)(7★★★★★★★): discussão abrangente sobre habilidades de comunicação. Nada fantástico. Mas muito bom.
  11. JustiçaJustiça: o que é fazer a coisa certa (Michael J. Sandel)(7★★★★★★★): vários aspectos filosóficos, situações e abordagens do que é justiça. No entanto, não apresenta respostas definitivas sobre nada.
  12. The 4-Hour BodyThe 4-Hour Body: An Uncommon Guide to Rapid Fat-Loss, Incredible Sex, and Becoming Superhuman (Timothy Ferriss)(5★★★★★): várias dicas sobre treino, dieta e rotinas adequadas para obter o corpo que você deseja.
  13. 10X10X: A regra que faz diferença entre o sucesso X fracasso (Grant Cardone)(4★★★★): jeito de falar de vendedores. Super agressivo, comportamento alfa sobre usar todo o seu poder e disposto a atingir metas e sucesso. Tentei focar as mensagens centrais e a motivação ocasional em suas palavras, mas é difícil não ficar chateado com a atitude dominante do macho alfa.
  14. Think Sex and Grow RichThink Sex and Grow Rich: How to use the power of your sex drive to succeed in business (Marcus El)(4★★★★): tenta vender a ideia de que somos movidos pelo sexo e devemos canalizar esse desejo constante para objetivos de negócios. Começa divertido, entção se torna muito tedioso.

Livros que eu li na “segunda metade de 2021” que não tinha em lugar algum

  1. Duna (Frank Herbert)(8★★★★★★★★): li em 3 noites para poder assistir o filme que ia lançar. Adorei.

Para mais livros, olher a lista dos meus livros lidos no GoodReads.

modificado em 2022-07-14 porque eu esqueci alguns livros. Na verdade, eu acho que tem ainda mais.

Bruno MASSA